21/11/2005

Marvel Millennium 46

Marvel Millennium 46


Além de incrivelmente atrasada (Panini, acorda!), esta edição de Marvel Millennium é séria candidata a pior edição do ano. Não me lembro de tantas histórias dispensáveis reunidas numa só revista (exceto, talvez, por alguma edição recente de X-Men). Vamos a elas:

Homem-Aranha: "Fim Da Picada" e "Popular"
Roteiro: Brian Bendis - Arte: Mark Bagley
É claro que um momento como este iria chegar: Bendis está claramente cansado de escrever o Homem-Aranha Millennium. Estas duas histórias são óbvios sintomas de pressa e/ou desinteresse e/ou egolatria desmedida (veja a introdução metida a engraçadinha na primeira). "Fim Da Picada" é até interessante no pastelão das situações vividas por Peter no corpo de Logan, mas a conclusão é péssima. Já a história com participação do Tocha Humana é um capítulo de Malhação - e dos ruins. Não ajuda em nada a arte de Mark Bagley estar cada vez pior finalizada. Nota 6,0.

X-Men: "Lobo Em Pele De Cordeiro", parte 2
Roteiro: Brian K. Vaughn - Arte: Andy Kubert
Gambit raptou Vampira e aqui ficamos sabendo por que: os gêmeos Andrea e Andreas Von Strucker (dupla que era parte daqueles inexpressivos Upstarts da cronologia normal, nos esquecíveis anos 90) planejam tê-la como espiã industrial. Em troca, prometem algo que Vampira deseja há muito tempo. Enquanto buscam pela colega, Wolverine e Tempestade descobrem que têm mais em comum do que o mesmo cruel cabeleireiro. Vá lá, história boazinha de Vaughn, com a sempre boa arte de Andy Kubert (mas Adam é melhor). Nota 7,0.

Quarteto Fantástico: "Destino", parte 5
Roteiro: Warren Ellis - Arte: Stuart Immonen
OK, dane-se se Warren Ellis é um bam-bam-bam cultuado mundo afora. A verdade é uma só e ela precisa ser dita: esta história é uma droga e o Destino versão Millennium é uma droga de personagem, com nome cretino e total descaracterização em relação à sua contraparte original. O melhor desta série é a convivência curiosa e delicadamente harmoniosa entre quatro indivíduos tão diferentes, com destaque para as tiradas do Coisa. Fora isso, só a arte de Immonen salva. Nota 4,0.

Marvel Millennium 46 (Out/2005) - Panini Comics - 100 páginas - R$ 6,90

Nenhum comentário: