15/01/2008

Saudosista, eu?

Saudosista, eu?

Hoje, em minha biblioteca de mp3, eu já possuo o dobro do máximo de álbuns completos que já consegui comprar em formato físico. No exato momento em que escrevo este post, são 456 álbuns (totalizando mais de 6.200 canções) e cerca de 300 canções avulsas.

Quem lê meus posts sobre música aqui no Catapop não deve ter dificuldade em identificar-me como um "viúvo" dos anos 80, período do qual, de fato, eu ainda acredito piamente que saiu boa parte das melhores canções que existem. No entanto, os critérios de organização proporcionados pelo Windows Media Player 11 revelam algumas curiosidades. A maior delas é que eu não sou tão saudosista quando aparento ou gostaria de ser: o ano com maior número de arquivos é 2006: são cerca de 32 horas de música, contra apenas 12 horas do ano de 1989, até agora o mais abundante daquela década mágica.


Pela ordem, são estes os 10 anos mais presentes em minha discoteca virtual:

2006 - 31,8 horas
1998 - 25,6 horas
2007 - 24,1 horas
1996 - 21,1 horas
1994 - 20,0 horas
2001 - 19,9 horas
1999 - 18,2 horas
1995 - 17,9 horas
2000 - 17,6 horas
1997 - 15,2 horas

Lembrem-se, porém, que na década de 90 e no começo da atual, os artistas achavam que precisavam lotar de música todos os 80 minutos disponíveis do CD. Desse modo, enquanto na década de 80 os discos costumavam ter de 10 a 12 faixas, nos anos seguintes este número saltou para de 15 a 18, em média. Hoje o número médio de faixas voltou a ser entre 10 e 12.

O cd simples com o maior número de faixas em minha coleção é Louder Than Bombs, dos Smiths, que tem 24 faixas e, no entanto, era um vinil duplo. The Carnival, de Wyclef Jean, também tem 24 faixas, mas várias delas são meras vinhetas. O menor é o EP Wide Awake In America, do U2, com 4 canções. Fora ele, que nem chega a ser um álbum, o título é do Transa, de Caetano Veloso, com meras 7 faixas.


O campeão absoluto de presença é o U2, com 16 discos (incluindo o supracitado EP e duas coletâneas), seguido por Queen e R.E.M., com 14 álbuns cada. Na outra ponta da escala, Secos & Molhados comparecem com os meros 30 minutos de seu álbum de estréia. 86 outros artistas contribuem com um único CD.

Para não ficar em dúvidas do tipo "isso é rock ou pop?", eu classifico os CDs em apenas três gêneros: Music BRA (116 horas), Music ENG (263 horas) e Music ESP (4,3 horas). No dia em que eu baixar um Serge Gainsbourg ou Charles Aznavour, vai ter o Music FRA. Pode pintar um Music ITA também, mas não espere que eu baixe um cd da Laura Pausini pra isso.

10 álbuns que nunca tive em CD e que hoje me orgulho em ter no HD:

A Letra A, Nando Reis
A Night At The Opera, Queen
Blue Lines, Massive Attack
Grace, Jeff Buckley
Murder Ballads, Nick Cave & The Bad Seeds
Painted From Memory, Elvis Costello & Burt Bacharach
Racional Vol. 1, Tim Maia
Ray Of Light, Madonna
Secos & Molhados, Secos & Molhados
Strangers Almanac - Whiskeytown

Nenhum comentário: